o mundo mudou, as famílias mudaram. sua empresa acompanha essas mudanças?

A parentalidade exige rearranjos que impactam as relações dentro e fora da família. A qualidade do suporte recebido por mães e pais, especialmente nos primeiros anos dessa jornada, deixa marcas no modo como essas relações se estabelecem, podendo favorecer:

o desenvolvimento e o bem estar individual, familiar e comunitário

o equilíbrio entre família e carreira

mais do que um benefício, uma forma de cuidado

Benefícios corporativos a mães e pais já fazem parte do cotidiano de muitas empresas.

atraem e retêm talentos
promovem a equidade de gênero, a diversidade e a inclusão
reduzem custos nos cuidados com a saúde e no absenteísmo no trabalho
propiciam o bem estar dos colaboradores e de suas famílias
Porém, nem sempre esses benefícios oferecem o suporte emocional que as famílias necessitam para enfrentar os desafios apresentados pela parentalidade e na primeira infância.

Na Ninguém Cresce Sozinho, mães, pais ou cuidadores, e quem pretende ter ou tem dúvida se quer ter filhos:

são escutados em sua singularidade, sem julgamento ou cobrança
têm diferentes espaços para a troca de experiências e o acolhimento de vivências emocionais
escolhem os serviços que melhor atendem às suas demandas, desde as questões que envolvem a concepção ou a adoção até os 6 anos das crianças
Ao oferecer aos seus colaboradores condições para lidarem com os desafios de ter (ou não) filhos, criar e educar bebês e crianças, sua empresa oferece um benefício permanente: a promoção da saúde mental individual e coletiva.

invista nesse cuidado

Ofereça aos seus colaboradores vales-presentes para nossos plantões, rodas de conversas e orientações a pais.

Conte com a gente na implementação de programas voltados à parentalidade e primeira infância.

vamos juntos?