Ninguém cresce sozinho | livros para crianças
45
archive,tag,tag-livros-para-criancas,tag-45,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,qode-theme-ver-9.5,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12,vc_responsive

Por Silvia Bicudo O universo da reprodução assistida ainda é bastante desconhecido pela população em geral, uma vez que ele fica restrito às clínicas e serviços especializados, bem como aos consultórios médicos onde os casais, homens e mulheres que necessitam de algum tipo de tratamento circulam. Desse modo, para além dos ambientes médicos, são raros os espaços onde o tema é...

Por Carla A. B. Gonçalves Kozesinski O que define uma família? Até os anos 1970, o conceito de família era definido pela união de um homem com uma mulher através do casamento, e os filhos vindouros dessa relação. Os papéis sociais do homem e da mulher estavam apoiados em uma organização patriarcal – de maneira genérica, podemos dizer, que nesse tipo de...

Por Patrícia L. Paione Grinfeld Embora as livrarias e bibliotecas disponham de livros sobre a sexualidade humana escritos especialmente para crianças, raramente encontramos um que seja suficientemente bom em seu conteúdo. Falta desde ilustrações dos genitais masculino e feminino, que tanto interessa os pequenos ávidos por entender as diferenças entre os sexos, até a apresentação das diversas possibilidades de encontros sexuais...

Por Patrícia L. Paione Grinfeld Desfraldar uma criança não é uma tarefa que se faz de um dia para outro, pelo contrário. O desfralde é um processo que vai muito além da maturidade neurofisiológica e emocional da criança. Ele também é atravessado pelas experiências sensório-afetivas que acontecem já nas primeiras trocas de fralda, pelas vivências que a criança experimenta para além do...

Por Patrícia L. Paione Grinfeld Em outro texto falei sobre alguns livros que inspiram brincadeiras com caixas de papelão, lenço e jornal. Para a criança qualquer objeto ganha vida quando ela é permitida explorá-lo. Um balde se transforma em cesta mágica. O coador, em chapéu com furinhos para o cabelo respirar. Um graveto, em varinha de condão. A cama dos pais, em...

Por Patrícia L. Paione Grinfeld A pergunta que remete à origem dos bebês costuma ser formulada pelas crianças por volta dos 3-4 anos de idade, a partir de um interesse prático, e não teórico. Prático, porque ela percebe por fotos, histórias, relatos, que um dia ela “morou” numa barriga; observa mulheres grávidas e, por vezes, pode acompanhá-las no pós-parto, sem a...

Por Veronica Esteves de Carvalho Quem, quando criança, nunca teve medo de fantasma, de escuro, de morrer, de perder alguém querido, de ser abandonado? Quem não sentiu medo de médico, de dentista, de injeção ou de fazer coisas ainda não conhecidas? E medo de palhaço, de animais e outros tantos de uma lista infindável? Se você não se lembra de um medo...

Por Patrícia L. Paione Grinfeld Entre o sexto e nono mês de vida o bebê adquire algumas competências que mudam por completo a maneira como ele vê e é visto pelo mundo: senta sem apoio, rasteja e engatinha (alguns ficam em pé com apoio). Ao mesmo tempo, outras conquistas motoras, como os movimentos de pinça (junção do polegar e indicador) e...

Por Patrícia L. Paione Grinfeld Ler pode ser uma divertida brincadeira. Brincadeiras podem estar dentro de um divertido livro – ou lixeira, gaveta, guarda roupa, revisteiro… Então, que tal aproveitar a leitura de livros que, além de divertirem, alimentam a imaginação e incrementam o livre brincar? Uma caixa de papelão se transforma em carro, montanha, prédio, robô, navio pirata, balão, foguete. Em casa de bonecos,...

Compartilhe este artigo