Ninguém Cresce Sozinho | Oficinas lúdicas
19729
page-template,page-template-full_width,page-template-full_width-php,page,page-id-19729,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-9.5,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12,vc_responsive
 

Oficinas lúdicas

As oficinas lúdicas têm como objetivo a ampliação das possibilidades de expressão e comunicação entre os bebês/crianças pequenas e seus adultos de referência, bem como lança reflexões sobre questões emocionais relacionadas à primeira infância.

As atividades propostas são pensadas a partir das etapas do desenvolvimento infantil e dos processos psíquicos que envolvem a construção da subjetividade e da parentalidade. Assim, as dirigidas aos bebês voltam-se para a exploração de elementos que fazem parte da vida cotidiana, propiciando experiências lúdicas através de circuitos sensoriais. Nas oficinas destinadas às crianças prevalece a exploração coletiva de um mesmo elemento sob diferentes perspectivas sensoriais, valorizando os processos de transformação do mesmo e as descobertas decorrentes deles.

Além de ofertar um momento lúdico, nossas oficinas têm como diferencial a realização de pequenas intervenções na relação entre a criança e o adulto que a acompanha e/ou breves conversas com os adultos sobre eventuais questões relativas ao desenvolvimento infantil ou à parentalidade. Estas intervenções/conversas, ainda que muito pontuais, acabam promovendo reflexões ou abrindo espaço para outras formas de a criança e o adulto se relacionarem entre si e com o “mundo”.

Oficina “explorando objetos do cotidiano”

Exploração e subversão de objetos de uso cotidiano, como utensílios de cozinha, embalagens descartáveis, tecidos, entre outros, em divertidos brinquedos e brincadeiras.

Fotos: Lica Pereira.

Oficina de tinta de gelatina

Exploração sensorial a partir de tintas feitas com gelatina de diversas cores e sabores. A oficina é finalizada com a realização de um desenho coletivo usando tintas gelatinosas.

Fotos: Lica Pereira.

Oficina de tinta de legumes

Exploração e experimentação de legumes em diferentes estados ao longo do seu processo de transformação em tinta. O encontro é finalizado com a realização de uma pintura com tintas de legumes em papel.

Fotos: Pamela Menezes.

Oficina “mãos na massa”

Exploração e transformação de ingredientes de uso culinário em massinha de modelar, permitindo muita brincadeira com as massinhas produzida pelos próprios participantes.

Fotos: Lica Pereira.

Oficina “mãos na água”

Interação e experimentação do elemento água em diversas perspectivas a partir de várias brincadeiras.

Fotos: Arquivo Ninguém Cresce Sozinho.

Oficina “mãos na terra”

Apresentação, exploração e experimentação do elemento terra em suas diferentes cores, estados, granulação e texturas. O encontro é finalizado com a produção de uma arte em argila.

Fotos: Lica Pereira.

Oficina “mãos na terra” com leitura

Contação de uma estória que se passa à beira do rio Tapajós, na floresta Amazônica, e construção coletiva, com muita brincadeira, de uma floresta utilizando diversos elementos da natureza.

Fotos: Lica Pereira.

Oficina de carimbos com frutas e legumes

Exploração sensorial de frutas e legumes, e construção de um desenho coletivo a partir do carimbo dos alimentos explorados.

Oficina concebida em parceria com o Cozinha como Experiência.

Fotos: Arquivo Ninguém Cresce Sozinho.

Compartilhe este artigo