Ninguém cresce sozinho | 9-12 meses
27
archive,category,category-9-12-meses,category-27,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,qode-theme-ver-9.5,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12,vc_responsive

Por Silvia Bicudo Quando vemos um bebê pegando um objeto, sentando sem apoio, engatinhando, ou uma criança correndo e pulando, temos a impressão de que as conquistas motoras se dão naturalmente através do crescimento infantil. Todavia, o desenvolvimento motor não está garantido pela passagem dos anos, nem atrelado apenas às faixas etárias, como estamos acostumados a pensar e, muitas vezes, encontrar...

Por Patrícia L. Paione Grinfeld Desfraldar uma criança não é uma tarefa que se faz de um dia para outro, pelo contrário. O desfralde é um processo que vai muito além da maturidade neurofisiológica e emocional da criança. Ele também é atravessado pelas experiências sensório-afetivas que acontecem já nas primeiras trocas de fralda, pelas vivências que a criança experimenta para além do...

Por Patrícia L. Paione Grinfeld O uso da chupeta divide opinião entre pais e especialistas, não apenas no que se refere às questões mecânicas e funcionais, mas também em relação aos aspectos emocionais envolvidos. Alguns alegam que seu uso é prejudicial, especialmente nos primeiros meses de vida, por atrapalhar a pega do bico no aleitamento materno e, portanto, a produção de leite – tal pressuposto...

Por Patrícia L. Paione Grinfeld A criação dos filhos é influenciada por histórias pessoais, mas também pelo contexto sociocultural no qual estamos inseridos.  Isso explica, ao menos parcialmente, algumas tendências “atuais” de criação dos filhos, vistos por alguns como modismo. Entre elas, destaco o parto natural, a amamentação (prolongada), a cama compartilhada, o uso de slings e o método de higiene natural/EC (elimination...

Por Patrícia L. Paione Grinfeld Já parou para pensar quanto, do tempo em que o recém-nascido está acordado, ele passa no trocador tendo suas fraldas substituídas? Diferentemente das fraldas que são descartadas no lixo ou no cesto de roupas para lavar, o tempo no trocador não pode ser desprezado ou subestimado, pois trata-se de um tempo precioso no que diz respeito...

Por Patrícia L. Paione Grinfeld O desenvolvimento motor deste trimestre é, sem sombra de dúvida, uma enorme conquista para os bebês e motivo de orgulho para quem está à sua volta. Num curto período de tempo os bebês adquirem competências que os permitem se deslocar para onde querem: engatinham (em alguns casos, “andam” sobre os joelhos ou rastejam com o bumbum),...

Por Patrícia L. Paione Grinfeld O enxoval do bebê é um capítulo grande na vida de quase todas as gestantes e famílias. Além de atender materialmente as necessidades do bebezinho que está por vir, ele envolve sonhos, desejos e expectativas que nutrem a importante função de imaginar o bebê que se espera, seu lugar na família e no mundo. Através de...

Por Patrícia L. Paione Grinfeld Quando li Infância de retalhos, no blog Padecendo no Paraíso, encantei-me com a franqueza com que a mulher que o escreveu relata sua história pessoal de abuso sexual sofrido e silenciado por quase a metade de sua infância. Em cada linha, seu rico testemunho apresenta os meandros de uma trama comum e recorrente em diversas famílias, inclusive nas tradicionais, “perfeitinhas”...

Por Patrícia L. Paione Grinfeld Quem mergulha no baú musical dos anos 80 encontra o ursinho que consolava o apaixonado não correspondido. Só para lembrar: Meu ursinho Blau Blau De brinquedo Vou contar pra você um segredo Só você mesmo pra me aturar (…) Ai, meu amigo Blau Blau de brinquedo Diz pra ela esse nosso segredo (…) Ouvir segredos íntimos, estar ao lado, acompanhar, confortar e consolar. Servir de...

Por Adriana Fontes Melo* e Ana Paula Dias Fernandes Pacheco** O advento da fala de um bebê é tão esperado que não é de estranhar que muitas vezes a ansiedade dos pais diante das primeiras palavras faz com que peçam a seus filhos a repetição dessas para que amigos e familiares aproveitem deste momento especial. O bebê, por sua vez, entra no jogo, ora...

Compartilhe este artigo