Ninguém cresce sozinho | 2 anos
20
archive,paged,category,category-2-anos,category-20,paged-2,category-paged-2,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,qode-theme-ver-9.5,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12,vc_responsive

Por Patrícia L. Paione Grinfeld Tenho acompanhado algumas mães e pais bastante angustiados porque seus filhos, à época do desfralde, aprendem com êxito a usar o vaso sanitário ou penico para fazer xixi, mas pedem a fralda para fazer cocô – ou o fazem na calcinha/cueca, ou mesmo no chão. Com raras exceções, há crianças que também retém o xixi: “Quando coloco...

Por Patrícia Leekninh Paione Grinfeld As atividades extraescolares têm aproveitado, cada vez mais, a brecha deixada pela sobrecarga de tarefa dos pais e outros familiares, escassez de ajuda doméstica e falta de espaço público e segurança (só para citar alguns exemplos), e se transformado, por vezes, num grande negócio. Um negócio que vende a ideia de que a criança precisa, através...

Por Patrícia L. Paione Grinfeld A creche e a escola, enquanto espaços coletivos, são sempre potentes para a aprendizagem. Nelas, crianças pequenas se identificam umas com as outras, descobrem coisas juntas, aprendem por imitação. Quando a aprendizagem em questão é o uso do penico ou vaso sanitário, o ambiente coletivo pode contribuir – e muito – para a aquisição individual da nova...

Por Patrícia L. Paione Grinfeld Dezembro é mês de “respirar” Papai Noel. Embora sua imagem esteja atrelada à mais importante celebração cristã e à data comemorativa de maior movimentação no mercado mundial de consumo, Papai Noel carrega uma universalidade encantadora: bondade, solidariedade, sentido de justiça, sabedoria dos mais velhos e a capacidade genuína de ouvir o desejo do outro. Papai Noel escuta, mas...

Por Patrícia L. Paione Grinfeld Desfraldar uma criança não é uma tarefa que se faz de um dia para outro, pelo contrário. O desfralde é um processo que vai muito além da maturidade neurofisiológica e emocional da criança. Ele também é atravessado pelas experiências sensório-afetivas que acontecem já nas primeiras trocas de fralda, pelas vivências que a criança experimenta para além do...

Por Patrícia L. Paione Grinfeld Em algumas famílias os palavrões fazem parte do vocabulário cotidiano, o que não surpreende em nada seu uso pelas crianças. Em outras, eles assustam porque soam como o estrondo de um trovão, uma ameaça à sobrevivência das palavras da boa educação – por favor, com licença, desculpa e obrigado. Os palavrões, assim como estas palavrinhas, fazem parte do mundo mágico das palavras, o...

Por Patrícia L. Paione Grinfeld Uma mãe nos escreve: Penso em mudar minha filha para uma escola mais bem-conceituada e mais próxima de casa. Entretanto ela está muito resistente a essa ideia, pois gosta da atual escola e de seus coleguinhas. Ela está com 4 anos e 10 meses. Antes de comentar a questão desta mãe, considero importante apontar as principais razões que levam à mudança de escola:...

Por Patrícia L. Paione Grinfeld O relato de pais sobre o aparecimento e o desaparecimento “misterioso” de objetos no entorno da criança é bastante comum. Na mochila escolar do filho surgem canetinhas que não são dele; no bolso da calça, uma moeda de origem desconhecida; na caixa de brinquedos, um aviãozinho que ninguém sabe como pousou lá. Da mesma forma, não se acha na bolsa da...

Por Patrícia L. Paione Grinfeld Em outro texto falei sobre alguns livros que inspiram brincadeiras com caixas de papelão, lenço e jornal. Para a criança qualquer objeto ganha vida quando ela é permitida explorá-lo. Um balde se transforma em cesta mágica. O coador, em chapéu com furinhos para o cabelo respirar. Um graveto, em varinha de condão. A cama dos pais, em...

Por Patrícia L. Paione Grinfeld O título, e tema, deste post foi inspirado no texto O dia em que parei de mandar minha filha andar logo, de Rachel Macy Stafford. Seu depoimento, que tem provocado lágrimas, suspiros, desespero e coragem em muitas mães (e pais), espelha a realidade da grande maioria dos mortais: a infindável maratona de correr contra o tempo para...

Compartilhe este artigo