Ninguém cresce sozinho | 12-18 meses
18
archive,category,category-12-18-meses,category-18,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,qode-theme-ver-9.5,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12,vc_responsive

Por Patrícia L. Paione Grinfeld Embora a sexualidade se expresse no corpo, ela não se limita a ele. Muito da expressão sexual humana se dá em nosso mundo interno, através de fantasias inconscientes que ficam “esquecidas” (recalcadas) e, por isso, difíceis de serem acessadas. Porém, na vida cotidiana, são as manifestações que se dão no corpo ou através dele que nos...

Por Carla A. B. Gonçalves Kozesinski O desenvolvimento da autonomia está atrelado ao desenvolvimento emocional de todo indivíduo. Para atingir esse status, primeiro a criança precisa desenvolver várias competências emocionais, como a noção de si mesma, consciência corporal e capacidade de perceber o ambiente no qual ela está inserida – uma tarefa e tanto! Ou melhor, são várias tarefas, que vão...

Por Patrícia L. Paione Grinfeld Não temos como fazer de conta que a sexualidade não existe nas crianças; ela está no corpo, na fala, nas brincadeiras. Mas quando observamos e reconhecemos sua expressão, muitas vezes somos tomados por sentimentos e ideias confusas e contraditórias. A angústia nos toma e as reações podem ser as mais diferentes possíveis, desde ficar paralisado...

Por Lenara Spedo* A ideia de que “lugar de criança é na escola” atualmente é um consenso, mas não foi desde sempre assim. É a partir da Idade Moderna que a escola torna-se o lugar por excelência do infantil. E no que se refere às crianças ditas “especiais”, essa história é ainda mais recente. Tentemos nos lembrar: quantos de nós tivemos...

Por Silvia Bicudo Quando vemos um bebê pegando um objeto, sentando sem apoio, engatinhando, ou uma criança correndo e pulando, temos a impressão de que as conquistas motoras se dão naturalmente através do crescimento infantil. Todavia, o desenvolvimento motor não está garantido pela passagem dos anos, nem atrelado apenas às faixas etárias, como estamos acostumados a pensar e, muitas vezes, encontrar...

Por Patrícia L. Paione Grinfeld Desfraldar uma criança não é uma tarefa que se faz de um dia para outro, pelo contrário. O desfralde é um processo que vai muito além da maturidade neurofisiológica e emocional da criança. Ele também é atravessado pelas experiências sensório-afetivas que acontecem já nas primeiras trocas de fralda, pelas vivências que a criança experimenta para além do...

Por Patrícia L. Paione Grinfeld O uso da chupeta divide opinião entre pais e especialistas, não apenas no que se refere às questões mecânicas e funcionais, mas também em relação aos aspectos emocionais envolvidos. Alguns alegam que seu uso é prejudicial, especialmente nos primeiros meses de vida, por atrapalhar a pega do bico no aleitamento materno e, portanto, a produção de leite – tal pressuposto...

Por Patrícia L. Paione Grinfeld A criação dos filhos é influenciada por histórias pessoais, mas também pelo contexto sociocultural no qual estamos inseridos.  Isso explica, ao menos parcialmente, algumas tendências “atuais” de criação dos filhos, vistos por alguns como modismo. Entre elas, destaco o parto natural, a amamentação (prolongada), a cama compartilhada, o uso de slings e o método de higiene natural/EC (elimination...

Por Patrícia L. Paione Grinfeld Já parou para pensar quanto, do tempo em que o recém-nascido está acordado, ele passa no trocador tendo suas fraldas substituídas? Diferentemente das fraldas que são descartadas no lixo ou no cesto de roupas para lavar, o tempo no trocador não pode ser desprezado ou subestimado, pois trata-se de um tempo precioso no que diz respeito...

Por Veronica Esteves de Carvalho Quem, quando criança, nunca teve medo de fantasma, de escuro, de morrer, de perder alguém querido, de ser abandonado? Quem não sentiu medo de médico, de dentista, de injeção ou de fazer coisas ainda não conhecidas? E medo de palhaço, de animais e outros tantos de uma lista infindável? Se você não se lembra de um medo...

Compartilhe este artigo