Ninguém cresce sozinho | Primeira Infância
1
archive,category,category-primeira-infancia,category-1,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,qode-theme-ver-9.5,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12,vc_responsive

Por Patrícia L. Paione Grinfeld Quem tem o hábito de ler para crianças já deve ter se surpreendido com boas conversas disparadas pela leitura. Afinal, tanto os textos quanto as ilustrações dos livros infantis têm a potência de despertar o adormecido, tocar no intocado, dizer sobre o indizível, permitindo um diálogo consigo mesmo e com o mundo. Por esta razão, os...

Por Vitória Regis Gabay de Sá* Quando convidada a escrever sobre a primeira infância desde a perspectiva da escola por uma colega da Ninguém Cresce Sozinho, logo me lembrei do ditado africano que diz que é necessária uma aldeia inteira para criar uma criança. Afinal, ninguém cresce sozinho! Especialmente nos centros urbanos, a escola de educação infantil faz o papel de aldeia,...

Por Gabriela Amaral* Ouvi recentemente no programa de rádio CBN Gerações a entrevista com uma psicóloga falando sobre algumas questões da maternidade. Ela, que também é mãe e avó, contava aos ouvintes sobre seu espanto ao escutar em seu consultório mães tão queixosas em relação às dificuldades com a maternidade, a solidão, o cansaço, a falta de apoio em todos os...

Por Silvia Bicudo Uma questão que se apresenta com frequência quando pensamos no desenvolvimento e educação infantil diz respeito a como fazer com que a criança pequena se desenvolva dentro dos parâmetros familiares e sociais. Em outras palavras, como fazer para que uma criança cresça obedecendo às regras, combinados e códigos, sejam eles estipulados dentro do microcosmo familiar, como a sequência...

Por Tatiana Machado* Quando guri, eu tinha de me calar à mesa: só as pessoas grandes falavam. Agora, depois de adulto, tenho de ficar calado para as crianças falarem. (Mário Quintana, Azar.  In:  Poesia Completa. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2005. p. 975) Já tem algumas décadas que nosso poeta captou e expressou, de forma tão singela e bonita, uma mudança cultural...

Por Patrícia L. Paione Grinfeld Recentemente assisti a dois vídeos que trazem um diálogo sem rodeios com a criança quando o assunto é abuso (sexual, no primeiro, e incluindo abusos de outras naturezas, no segundo), tanto na prevenção quanto na denúncia. São eles: [youtube]http://www.youtube.com/watch?v=sEpqTs7syOc[/youtube]   [youtube]http://www.youtube.com/watch?v=6zoCDyQSH0o&feature[/youtube] O primeiro me foi apresentado pela mãe de uma menina de 5 anos, que questionava quão criacionista, excessiva...

Por Silvia Bicudo Quando, enquanto psicanalistas, nos deparamos com um caso em que uma criança apresenta sinais de risco para o desenvolvimento, como um atraso motor ou na linguagem, dificuldade de contato com os outros e, ao mesmo tempo, apresenta também um diagnóstico orgânico, seja ele “bem” delineado, como uma galactosemia tipo 1 (a ser definida mais adiante), ou um diagnóstico...

Por Patrícia L. Paione Grinfeld A sociedade urbana se distanciou de um elemento que faz parte de todos nós: os excrementos humanos. Desde a vida na cidade, eles são depositados em lugares “adequados” e pertencem à ordem do sujo, nojento, sem valor, o que deixa pouco espaço para falar sobre a experiência da excreção como fonte de prazer. Prazer pela percepção...

Por Patrícia L. Paione Grinfeld O brincar é a forma de expressão mais genuína da criança. Através dele a criança transita entre seu mundo interno e externo, revelando seus pensamentos, conhecimentos, desejos e fantasias. Brincando, ela aprende, testa suas hipóteses e limites, bem como seu ambiente; encarna distintos personagens, elabora suas experiências, resolve conflitos. Contudo, aos olhos de muitos de nós, quando...

Compartilhe este artigo